top of page
  • Foto do escritorMMarte

TRÊS CAMPANHAS NO CATARSE

Prezado leitor MMarte. Temos três campanhas no Catarse para as quais pedimos um pouquinho da sua atenção e, se possível, seu apoio.



A primeira delas é DE LÁ NÃO SE VIA LUZ, nova HQ da premiada dupla Patrick Martins (roteiro) e Igor Frederico (arte). Os caras são os autores de Dente de leite (2022, Pipoca & Nanquim), obra vencedora do 1º Prêmio Geek de Literatura da Amazon Brasil.

 

DE LÁ NÃO SE VIA LUZ é uma trama policial densa, cheia de suspense, mistério e reviravoltas. O traço de Igor Frederico – improvável fruto do encontro de David Mazzucchelli e Flavio Colin – arrasta o olhar do leitor ao longo da sinuosa narrativa. O primeiro capítulo está disponível para leitura no próprio Catarse. Então, pedimos a você que dê uma chance à história e se arrisque por essas páginas.

 

É notório que o Catarse está cada vez mais difícil para o quadrinho autoral. A campanha está perto de acabar (em 06/05/2024) e arrecadamos, até aqui, 33% da meta. Mas confiamos em nossos leitores. Então deem um pulo em catarse.me/delanaosevialuz



ATLAS E DANTE: O ORÁCULO DE YADALA transita em outro gênero: a ficção científica – algo meio raro no panorama do quadrinho brasileiro contemporâneo. Com roteiro inspiradíssimo de Daniel Baz e arte embasbacante da lenda do underground nacional Law Tissot, a HQ é um sci-fi antifascista que vai do épico ao lírico na velocidade de uma virada de página.

 

A meta estipulada para a campanha foi propositalmente baixa, buscando estimular o apoio do público. Mesmo assim, a coisa está indo mais devagar do que esperávamos. Acho que um detalhe tem passado desapercebido: para qualquer modalidade de apoio existe a recompensa de uma arte original em formato A4 de Law Tissot. Não é pouco! Então chegue junto em catarse.me/atlasedante



Por fim, termina neste sábado, dia 20 de abril, a campanha de O OPOSTO DO ROBÔ, do guerreiro Max Andrade. O livro é uma continuação do sucesso TEM SIDO UM ESFORÇO, que lançamos ano passado. Coisa fina. Max possui uma ligação visceral com seu público e a campanha está indo muito bem. Mas não custa ultrapassarmos essa meta, né?

 

Tá dado o recado, caríssimo leitor. Contamos contigo. Ah! Já íamos nos esquecendo: assine a nossa newsletter no site e no nosso Substack

 

 

64 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page